Pesquisar este blog

Carregando...

Postagens populares

Newsletter

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Sem crise, vem aí o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival

12 de agosto de 2015

Apesar do momento difícil, o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival trará nomes de peso na sua 13º edição.



Mesmo com a economia passando por um momento difícil, onde investimentos culturais são os primeiros a sofrerem cortes, o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival chega em sua 13º edição na onda do bordão "apesar da crise".

Sem crise e mantendo a tradição de grandes nomes, a edição de 2015 do festival promete. Omar Hakim, Incognito e Robben Ford são algumas atrações que farão de RO a capital mundial do Jazz e do Blues de 20 a 23 de agosto.

O festival, que é considerado um dos maiores do gênero na América Latina, é gratuito e acontecerá em três palcos localizados na cidade – Praça São Pedro, Lagoa de Iriry e Costazul. Durante os intervalos dos shows do palco Costa Azul, o público também poderá curtir e se divertir ao som da Orleans Street Jazz Band street band de jazz tradicional e Dixieland.

As Atrações:

ROBBEN FORD
Robben Ford é simplesmente um dos maiores guitarristas de todos os tempos. E pode ser encontrado facilmente em qualquer lista dos 100 maiores guitarristas da História. Sua combinação de blues com influência do jazz e do rock,  influenciou milhares de guitarristas e definiu um dos sons mais marcantes de Los Angeles, uma das mecas da indústria da música. Formou com seus irmãos a Charles Ford Band, gravou ao lado do lendário Jimmy Witherspoon, fez parte dos grupos de Miles Davis nos anos 80, em sua fase elétrica; do  L.A. Express, liderado pelo saxofonista Tom Scott;  do Yellow Jackets; além dos excelente trabalhos com Michael Landau e Larry Carlton. Na década de 1990, quando lançou os álbuns sob o nome Robben Ford e The Blue Line, consagrou definitivamente sua música, recebendo ao todo cinco indicações ao Grammy Awards.
http://robbenford.com/


OMAR HAKIM
Omar Hakim é um baterista norte-americano proeminente que desenvolveu sua carreira no jazz, jazz fusion e música pop.  Amplamente aclamado por sua versatilidade, capacidade tecnológica e groove, é um dos bateristas mais bem sucedidos dos últimos 40 anos. Hakim tem colaborado com dezenas de artistas, incluindo George Benson, Lionel Richie, Chaka Khan, Anita Baker, Bobby McFerrin, John Scofield, Urban Knights, Bruce Springsteen, Michael Jackson, Celine Dion, Jewel, J-Lo, D'Angelo, Mariah Carey e Madonna, entre outros. Omar Hakim ganhou grande notoriedade quando se tornou parte do “Weather Report”, importante banda de Jazz fusion; e depois acompanhando o grupo de  Sting no premiadíssimo “Bring of the Night”. Casado com a pianista Rachel Z, com quem formou o Trio of Oz, vem ao festival com Jerry Brooks no baixo; Bob Franceschini no saxtenor; Rachel Z e Scott Tibbs nos teclados e Nick Moroch na guitarra.
http://omarhakim.com


INCOGNITO BAND
O grupo Incognito é um dos mais importantes nomes do movimento Soul Jazz no mundo. Liderado pelo cantor, guitarrista e compositor Jean-Paul 'Bluey' Maunick, possui uma longa e consistente carreira. Com mais de 30 anos de estrada, o grupo continua referência no gênero. A longevidade do Incognito, segundo Bluey, tem a ver com o seu repertório. “Nossa música não se prende a uma só época. É uma música que tem história.” A banda, formada no início dos anos 1980, traz influências de artistas como Stevie Wonder, Marvin Gaye, Santana, Earth Wind & Fire e Kool & The Gang, entre outros. Seu primeiro disco foi lançado em 1981, e, desde então, o Incognito leva seu som por todo o mundo. Ao longo da carreira, lançaram mais de 20 discos. Incognito é formado por Jean-Paul "Bluey" Maunick,  guitarra e vocais; Tony Momrelle,  Vanessa Haynes e Katie Hector,  vocais;  Matthew Cooper,  teclados e direção musical; Francisco Sales, guitarra; Francis Hylton, baixo;  Francesco Mendolia,  bateria;  Sidney Gauld,  trompete;  James Hunt,  saxofone;  Alistair White,  trombone e João Caetano,  percussão.
http://www.incognito.org.uk


MATT SCHOFIELD
Das terras que nos deram Jeff Beck e Eric Clapton, o inglês Matt Schofield é mais um nome de expressão dos guitarristas na linha blues-rock. Ainda garoto, aos 13 anos, já participava das gigs em sua cidade natal, Manchester, e aos 18 já se tornava um guitarrista profissional. Se diz influenciado por B.B. King, Albert Collins, Stevie Ray e Albert King e consegue mostrar muita originalidade na sua música fazendo muito uso da formação de organ trio. Já no seu disco de estreia - Trio, Live (2005, Nugene Records), teve o merecido reconhecimento da crítica, e alcançou em 2010 o prêmio de álbum do ano pelo British Blues Awards com o disco Heads Tails & Aces (2009, Cadiz), que contou as participações do baixista Jeff “The Funk” Walker e do baterista Alain Baudry.  Foi o primeiro guitarrista britânico a ter um livro-DVD didático lançado pela Hal Leonard. Sua onda lembra muito o som do guitarrista Robben Ford pelo registro e timbre da sua guitarra, além de boa colocação vocal. Por três anos consecutivos – 2010, 2011 e 2012 – Schofield recebeu o prêmio de melhor guitarrista do ano pela British Blues Awards. O Los Angeles Times destacou: “Em Schofield, o Reino Unido produziu o melhor guitarrista de blues de qualquer país em décadas." Para a revista Guitar Vintage," O melhor bluesmen europeu da sua geração”.
http://mattschofield.com


CAROLYN WONDERLAND
Carolyn Wonderland é multi-instrumentista (guitarra, bandolim, acordeão, trompete e piano), cantora e compositora. Mas é com a guitarra que ela incendeia suas apresentações repletas de elementos do country, blues, rock e soul.  As comparações com Janis Joplin são inevitáveis, mas Wonderland possui uma pureza de tom que é só dela. Wonderland cresceu em uma família musical e começou a tocar guitarra de sua mãe quando outras meninas estavam vestindo bonecas.  Seu primeiro álbum de sucesso foi Miss Understood.  Depois veio Peace Meal, produzido por um elenco estelar incluindo Ray Benson, Larry Campbell e Fundação Monkee, Michael Nesmith. Live Texas Trio, lançado em 2015 é o seu primeiro álbum ao vivo e reúne apresentações no Antone,  em Austin, Kessler Theatre em Dallas e Last Concert Café em Houston. Carolyn Wonderland conquistou muitos admiradores, entre eles, Eddy Shaver, Buddy Guy, Johnny Winter, Shelley King, e Bob Dylan. Para Daniel Gewertz, do Boston Herald, "Um montão de Janis Joplin, uma fatia de Stevie Ray Vaughan, e uma grande carga de individualidade soulful ... isso é Wonderland. E ela pode escrever também! ... Não admira que Dylan é um fã confesso".
http://carolynwonderland.com


DWAYNE DOPSIE
Considerado um dos melhores acordeonistas da América, Dwayne Dopsie vem de uma das famílias Zydeco (estilo folk norte-americano derivado da população francófona) mais influentes do mundo. Embora inspirado pela tradição, Dopsie desenvolveu seu próprio estilo com uma leitura contemporânea da música Zydeco. Com 19 anos criou o seu grupo, os Hellraisers. Dwayne e os Hellraisers levam os instrumentos e tradições de Zydeco para novos níveis infundindo blues, soul e funk. Dwayne nasceu em Lafayette, Louisiana e toca o acordeão desde os sete anos. O desenvolvimento de suas habilidades musicais atribui ao seu pai, Rockin Dopsie, pioneiro da música Zydeco.
http://www.dwaynedopsie.com


ARTUR MENEZES
Aos 29 anos de idade e 12 de carreira, Artur Menezes não só toca guitarra, como compõe e interpreta de forma tão peculiar que impressiona até os grandes mestres. Talvez por isso tenha ficado conhecido como “o garoto prodígio do blues”. Artur Menezes estudou música na Universidade Estadual do Ceará. Morou em Chicago, onde participou de jam sessions com John Primer, Linsey Alexander e Phil Guy, entre outros. Tocou em bares como Kingston Mines, Smokey Daddy e Katherina’s. Gravou dois discos com a banda norte-americana The Shakes, que prima pela tradição do blues elétrico. Já no Brasil, integrou o projeto Harmônicas Mercoblues com os gaitistas Nico Smoljan e Gonzalo Arraya. O guitarrista abriu o show de Peter Mad Cat e de Buddy Guy no Brasil. Com um extenso histórico de participação nos principais festivais do país, recém-chegado de uma turnê̂ na Europa – onde foi headline do Augusti Bluus Festival (Estônia), além de shows na Inglaterra – Artur Menezes vem se destacando como um dos melhores músicos de sua geração. No Rio das Ostras Jazz & Blues, Artur Menezes se apresenta com sua banda formada por Artur Menezes, guitarra e voz;  Wladimir Catunda,  bateria; Nino Nascimento,  baixo e Mateus Schanoski, teclados.
 https://www.youtube.com/watch?v=i9bYG5WDfy8


GABRIEL GROSSI QUARTETO CONVIDA ARISMAR DO ESPÍRITO SANTO
Gabriel Grossi é considerado um dos maiores representantes da harmônica (gaita de blues) no mundo, desenvolvendo caminhos inusitados para a inserção de seu instrumento no rico universo da música brasileira. Apesar de jovem, Gabriel tem uma trajetória extensa: além de carreira solo bem estabelecida dentro e fora do país, com uma discografia que chega aos 8 discos com seu nome, gravações e shows com grandes nomes da música nacional e internacional (entre eles, Hermeto Pascoal, Chico Buarque, Ivan Lins, Leila Pinheiro, João Donato, Dave Matthews, Guinga, Lenine, Djavan, Milton Nascimento, Dominguinhos, Maria Bethânia, Ney Matogrosso e Hamilton de Holanda) e turnês ao redor do mundo, Gabriel coleciona um grande currículo, agregando experiência ímpar. Para apresentação no Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, Gabriel e seu quarteto receberão no palco Arismar do Espírito Santo, multi-instrumentista e ícone da música instrumental brasileira. Referência em vários instrumentos, Arismar é um músico completo. Sua maneira de tocar e compor, sob a força máxima da intuição e espontaneidade, harmonias inusitadas, improvisos melódicos, ritmo contagiante e criatividade têm sido sua marca registrada. Os dois consagrados artistas e representantes da música brasileira farão esse encontro ímpar priorizando um repertório autoral e homenageando outros grandes da nossa música.
http://gabrielgrossi.com


CRISTIANO CROCHEMORE & BLUES GROOVERS PARTICIPAÇÃO: LUIZA CASÉ
Crochemore, guitarrista gaúcho radicado no Rio desde 1986, começou a tocar com o guitarrista Bebeco Garcia, fundador dos “Garotos da Rua”, umas das bandas pioneiras do rock brasileiro. No seu primeiro CD solo “Play it again“, mostrou uma combinação sonora entre os poderosos licks de sua Stratocaster 72 e sua voz altamente expressiva, gerando um som instantaneamente reconhecível. Em 2012 e 2013, Cristiano fez o roteiro do blues nos EUA, passando por Chicago e descendo até o Mississipi.  Cidades como Memphis, St Louis, Clarksdale, fizeram parte de uma grande experiência na música do guitarrista. Tocou no Chicago Blues Fest de 2012 e 2013, e em muitas casas de blues de grande tradição como Legend’s e Rosa’s em Chicago, BB’s Jazz & Soups em St Louis, além de Hambone Galery e Bluesberry Café em Clarksdale, Mississipi. No Rio das Ostras Jazz & Blues Festival Cristiano estará acompanhado pelos Blues Groovers, banda formada por Otávio Rocha do Blues Etílicos na guitarra, Ugo Perrotta e Beto Werther, respectivamente baixista e baterista do Big Allanbik. O show conta ainda com a participação especial da atriz e cantora Luiza Casé. Depois de ser protagonista na novela "Malhação" (TV Globo) e ter participado do reality show "Geléia do Rock" do Multishow, sendo vencedora do programa, a carreira dessa menina prodígio não para de crescer e há dois anos ela vem se destacando no cenário Blues brasileiro. Maior revelação do último festival  de Blues do Circo Voador, o antológico palco que lançou os maiores nomes do Blues e Rock BR na saudosa década de 80, Luiza vem trabalhando o seu primeiro CD solo com material autoral e releituras de clássicos do gênero com muito Soul, Funk, R&B e Pop também, fortes influências musicais da artista.


SEGUNDO SET
Vencedor do concurso de bandas realizado pelo Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, em 2014, o grupo Segundo Set, formado por Junior Muniz (Baixo), Diego Freitas (Bateria), Lucas Andrade (teclado) e Bruno (Sax) se apresenta na 13ª edição do festival. Segundo Set é um grupo de Jazz Fusion que mixa ritmos brasileiros a black music, ao blues, ao reggae e ao jazz com uma pitada de elementos eletrônicos e música oriental.


ORQUESTRA KUARUP
A Orquestra Kuarup Sopros & Cordas abre tradicionalmente o palco principal do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival. Programa da Fundação Rio das Ostras de Cultura, regida pelo maestro Nando Carneiro, a orquestra reúne alunos e ex-alunos do curso técnico profissionalizante de música do Centro de Formação Artística. No repertório, o maestro Nando Carneiro, que também é violonista e compositor, faz questão de selecionar o que chama de “clássicos da Música Popular Brasileira”. O repertório da Kuarup inclui João Donato, Hermeto Paschoal, Dorival Caymmi, Moacir Santos, Sivuca, Milton Nascimento, Dominguinhos, Noel Rosa, entre outros. A orquestra já lançou um CD e um DVD e traz em sua bagagem apresentações na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro.

Para mais informações:
http://www.riodasostrasjazzeblues.com/
Read Post | comentários/comente ...

V IPIABAS BLUES JAZZ FESTIVAL - Jazz e blues embalam o feriado de Corpus Christi no Vale do Café

13 de maio de 2015


 Arthur Maia, Izzy Gordon R&B Band, Jefferson Gonçalves Blues Band e The Black Bullets: Atrações do V Ipiabas Blues Jazz Festival 

De 4 a 7 de junho, feriado de Corpus Christi, Ipiabas, distrito de Barra do Piraí, realiza a quinta edição do Ipiabas Blues Jazz Festival.  O festival apresenta uma seleção de intérpretes e instrumentistas nacionais e internacionais em shows gratuitos na Praça da Estação de Ipiabas. A programação 2015 traz sons e ritmos que se misturam ao jazz e ao blues tradicional.
Da Holanda, a banda The Jig  apresenta o “funk sound” instrumental com elementos de afrobeat, soul, rhythm'n'blues e uma atitude rock'n'roll renovada. Representando o Mississippi, o bluesman Vasti Jackson, promete incendiar a plateia com sua guitarra e performances.



O line-up nacional será formado pela banda AfroJazz, pelo baixista Arthur Maia, por Izzy Gordon, referência da Soul Music no Brasil e  pelo gaitista Jefferson Gonçalves, que comemora 25 anos de carreira e apresenta show com a participação especial do percussionista Laudir de Oliveira.  O festival traz ainda clássicos dos Beatles e dos Rolling Stones interpretados por feras do rock e do blues nacional.  A banda “Tributo a Beatles e Rolling Stones” é formada por George Israel (Kid Abelha), Guto Goffi (Barão Vermelho), Arnaldo Brandão (Hanói-Hanói), Big Joe Manfra, Jefferson Gonçalves e Roberto Ly,  ex-baixista de Celso Blues Boy e do grupo Herva Doce.

As bandas regionais The Black Bullets, OTRYO, Filipe Torres Band e Road 145 Blues Band realizam a abertura dos shows.

https://pt-br.facebook.com/Ipiabasbluesjazzfestival

O V Ipiabas Blues Jaz Festival é promovido pela Prefeitura de Barra do Piraí e conta com o patrocínio da Light e patrocínio cultural do Governo do Estado do Rio de Janeiro por meio da Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro. Produção Azul Produções.

Sobre Ipiabas
Ipiabas é o quinto distrito de Barra do Piraí e é palco de importantes eventos musicais e gastronômicos durante todo o ano. Barra do Piraí, município também conhecido como “A pérola do Vale do Paraíba”, compõe a charmosa região turística conhecida como Vale do Café e está situada a 120 quilômetros do Rio de Janeiro. A região seduz os visitantes com as suas belezas naturais.


PROGRAMAÇÃO

DIA 4/6 – QUINTA-FEIRA
20h30min - Road 145 Blues Band
21h30min - Vasti Jackson Blues Band - USA

DIA 5/6 – SEXTA-FEIRA
20h30min -  Filipe Torres Band
21h30min - AfroJazz
23h  - The Jig Jazz/Soul Band - Holanda

DIA 6/6 – SÁBADO
19h30min - The Black Bullets
20h30min - Jefferson Gonçalves Blues Band participação especial do percussionista Laudir de Oliveira
22h - Izzy Gordon R&B Band
23h30min - Tributo a Rolling Stones e Beatles

DIA 7/6 – DOMINGO
13h - OTRYO
14h -  Arthur Maia


Jazz for Lovers
Read Post | comentários/comente ...

A caminho da quarta edição, Festival Expresso Jazz SP aposta em nova safra de músicos paulistas com programação gratuita para adultos e crianças.

10 de novembro de 2014



Em sua quarta edição, o Festival Expresso Jazz SP aposta em uma nova cara para o jazz paulista e traz em sua programação bandas que se destacaram com produções musicais arrojadas na última década.  Com o objetivo de estimular a formação de um novo público para o estilo o Festival oferece também programação especial de jazz para crianças, oficinas, bazar e feira gastronômica.

Desde sua primeira edição em 2010 o Festival vem mapeando os novos talentos do Jazz paulista e estimulando produções independentes a fim de promover influências e atualizações na cultura contemporânea.  Nesta edição, pensando em aproximar projetos que tem propostas mais urbanas e inovadoras selecionou bandas que transitam pelo jazz contemporâneo, free jazz, post jazz, improvisação, música experimental, eletrônica, groove e afrobeat.

Na programação especial para crianças, shows, oficinas, gastronomia e bazar acolhem o público infantil e promovem ampla interação dos pequenos com o festival e com o jazz. Os shows para crianças apresentam o jazz em um estágio mais puro, junto com elementos lúdicos e circenses. A feira gastronômica, que atende grande diversidade de paladares conta com uma seleção especial de comidas para crianças. As oficinas lúdicas tem o apoio do Jazz como trilha sonora e o Bazar traz grande variedade de produtos para todos os estágios da infância.

Realizado pela Erativa Cultura e Comunicação, em parceria com os projetos Tododomingo Musical em SP da Casa das CaldeirasEspaço de Leitura do Parque da Água Branca e Circo Paratodos na Funarte SP, o Festival será realizado nos dias 21, 22 e 23 com entrada franca em todos os shows e atividades.  

Programação detalhada nos canais do Festival:

PROGRAMAÇÃO E SERVIÇOS:

21 de Novembro de 2014 (Sexta- Feira)
Local: 
Circo Paratodos (Funarte SP) Alameda Nothmann, 1058. Campos Elíseos.
Shows: 
Kubata Nomade Orquestra
Horário: 19h às 22h

22 de Novembro de 2014 (Sábado)
Local 1: Espaço de Leitura (Parque da Água Branca) Av. Francisco Matarazzo, 455. Água Branca.
Programação Infantil: 
Cabaré Três Vinténs e Bina Coquet
Horário: 14h às 16h
Local 2: Circo Paratodos (Funarte SP) Alameda Nothmann, 1058. Campos Elíseos.
Shows: VRUUMM e Caixa Cubo 
Horário: 19h às 22h

23 de Novembro de 2014 (Domingo)
Local
Tododomingo nas Caldeiras Casa das Caldeiras Av. Francisco Matarazzo, 2000. Água Branca.
Shows: 
QN QuartetoImprovisadoCaixa Cubo. Culto ao Rim 
Oficinas Infantis: Pipa, Bambolê e Construção de Instrumentos Musicais.
Bazar e Food Park
Horário: 13h às 20h

- Formas de pagamento para feiras / bar: dinheiro, cartão de débito e crédito
- Atende as normas de acessibilidade para PNE.
- Todos os locais possuem paraciclo e são próximos de estações de metrô e terminais de ônibus. VENHA DE BIKE ou DE TRANSPORTE PÚBLICO!


VÍDEOS:
Festival Expresso Jazz SP III: https://www.youtube.com/watch?v=zVbDlVdY5vI
Banda Cabaré Três Vinténs: https://www.youtube.com/watch?v=cLQbl8qe8wA

Jazz for Lovers
Read Post | comentários/comente ...

12º Rio das Ostras Jazz & Blues Festival

15 de julho de 2014

Randy Brecker, Al Jarreau e Marcus Miller: atrações de peso no 12º Rio das Ostras Jazz & Blues Festival. 


Rio das Ostras receberá nos dias 8, 9, 10, 15, 16 e 17 de agosto a 12ª edição do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, uma mistura de estilos e tendências musicais que apresenta um importante painel do blues e do jazz no Brasil e no exterior. Mais de 60 horas de música em mais de 15 shows gratuitos por quatro palcos da cidade - Praça São Pedro, Lagoa de Iriry, Praia da Tartaruga e Costazul.

As atrações internacionais do Rio das Ostras Jazz & Blues 2014 são o baixista e 
multi-instrumentista Marcus Miller; o cantor Al Jarreau; o trompetista Randy Brecker; o HBC Super Trio - com Scott Henderson, guitarra, Jeff Berlin, baixo e Dennis Chambers, bateria;  a banda de blues Rick Estrin  & The Nightcats; o guitarrista blues-rock Popa Chubby; o artista de zydeco Rockin' Dopsie Jr.; o cantor, compositor e guitarrista Raul Midón; o bluesman Larry McCray ;  e a banda holandesa de funk e soul, The Jig. 

O Brasil estará (muito) bem representado por Pepeu Gomes; Carlos Malta e Pife Muderno; pelo pianista e cantor de blues Adriano Grineberg, um dos novos nomes de destaque do blues brasileiro contemporâneo; pela banda carioca Afro Jazz;  por Badi Assad e Marcos Suzano e pela Rio Jazz Orchestra e Taryn, com Toninho Horta.    Mantendo a tradição, a Orquestra Kuarup, regida pelo maestro Nando Carneiro e formada por jovens músicos da região, abre a primeira noite do festival.

Durante o festival, o público também poderá curtir e se divertir ao som da Orleans Street Jazz Band e da Monte Alegre Hot Jazz Band, street bands de jazz tradicional e dixieland.

O Rio das Ostras Jazz & Blues é realizado pela Prefeitura Municipal de Rio das Ostras, por meio da Secretaria de Turismo, com produção da Azul Produções; é patrocinado pela Lei de Incentivo da Secretaria Estadual de Cultura do Rio de Janeiro e conta com apoio cultural da Vallourec e da Caixa Econômica Federal.



PALCOS

Costazul [show às 20h] 
Palco principal do festival, abriga uma praça de alimentação com restaurantes e bares, quiosques de produtos artesanais da cidade, venda de CDs, revistas e camisetas e telão que transmite os shows ao vivo, uma área especial de acessibilidade, área para motorhomes e piso especial para o caso de chuva.  Ainda em Costazul, há a Casa do Jazz e do Blues. No espaço, exposição de fotos e biografias dos artistas mais importantes dos gêneros, além da exibição de documentários e shows de bandas locais.


Praia da Tartaruga [show às 17h15min]
A Praia da Tartaruga abriga o palco mais charmoso do festival em uma pequena enseada, situada entre as praias do Abricó e Praia do Bosque. Na Tartaruga o público assiste aos shows sob o pôr-do-sol. O palco é montado sobre uma pedra que, literalmente, invade o mar.


Lagoa de Iriry [show às 14h15min]
No palco da Lagoa de Iriry, o público está lado a lado com o artista em um anfiteatro circundado por vegetação típica de restinga. A Lagoa de Iriry fica no Jardim Bela Vista, em Costazul.


Concha Acústica da Praça de São Pedro [show às 11h15min]
Palco criado para a apresentação de novos talentos do jazz e do blues. Fica no centro de Rio das Ostras, ao ar livre e em frente ao mar. 
Read Post | comentários/comente ...

Agenda Rio de Janeiro: Cama de Gato na Caixa Cultural

15 de agosto de 2013

Grupo instrumental apresentará em SHOW sucessos de 25 anos de carreira e músicas inéditas – dias 16 e 17 de Agosto – sexta e sábado





 A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, nos dias 16 e 17 de agosto (sexta-feira e sábado), às 19h30, show do grupo instrumental Cama de Gato. A banda tocará músicas dos seis CDs lançados ao longo de 25 anos de carreira, e músicas inéditas. O espetáculo musical tem o patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

No repertório do show, destaque para “Gonzagueando”, “Havana”, “Seu Arthur”, “Asunción”, “Ponta Negra” e as inéditas ”Zum Zum Luã”, “Cumbayá” e “Porque Também Não Fui”, além de “Melancia”, entre outras composições.

O grupo Cama de Gato é formado pelos músicos Jota Moraes (teclados), Mauro Senise (sax e flauta), Pascoal Meirelles, (bateria), André Neiva (baixo) e Mingo Araújo (percussão).

 Oficina: No dia 17 de agosto (sábado), às 15h – Entrada Franca

O grupo ministrará uma oficina abordando como temas, os ritmos brasileiros, a prática de conjunto e as técnicas de improvisação. A oficina é direcionada a estudantes de música, instrumentistas e apreciadores de música instrumental. As vagas são limitadas e os interessados devem se inscrever pelo endereço oficinacamadegato@gmail.com informando o nome completo, número de identidade e telefone. As inscrições serão confirmadas pela produção do projeto. No final da oficina, os participantes receberão um certificado.

 Sobre o grupo:

O Cama de Gato tem mais de 25 anos de carreira ininterrupta, traz na bagagem seis CDs lançados, e já vendeu mais de 70 mil discos. Uma das marcas registradas do grupo é trabalhar com composições dos próprios músicos. O grupo já fez diversas turnês pelo Brasil e pelo exterior.


Serviço:
Show “Cama de Gato”
Data: 16 a 17 de agosto de 2013 (sexta-feira e sábado)
Hora: 19h30
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Teatro de Arena
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro (Metrô: Estação Carioca)
Informações: (21) 3980-3815
Ingressos: R$ 16 (inteira) R$ 8 (meia) – além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia
Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 10h às 20h
Lotação: 226 lugares (4 para cadeirantes)
Classificação etária: Livre
Acesso para pessoas com deficiência
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal
Programação completa da CAIXA Cultural: www.caixa.gov.br/caixacultural

Informações e entrevistas:
Nani Santoro (21) 3324-5200 / 9855-1939 – nanisantoro@uol.com.br

 Assessoria de Imprensa da CAIXA Cultural Rio de Janeiro (RJ)
(21) 3980-3096 / 4097
www.caixa.gov.br/imprensa | @imprensaCAIXA
www.caixa.gov.br/caixacultural


Jazz for Lovers
Read Post | comentários/comente ...

III Ipiabas Blues Jazz Festival

14 de agosto de 2013


Jazz e blues no Vale do Ciclo do Café

De 30 de agosto a 1 de setembro, Ipiabas, distrito de Barra do Piraí na Região Vale do Cafe, realizará a terceira edição do Ipiabas Blues Jazz Festival.  O festival apresentará grandes nomes, instrumentistas nacionais e internacionais. Serão três dias de boa música no aconchego da serra em uma região que encanta os visitantes com a originalidade de suas fazendas do século XIX e seus atrativos naturais.  Os shows serão gratuitos e acontecerão na Praça da Estação de Ipiabas.

A programação do III Ipiabas Blues Jazz Festival traz feras como o guitarrista Stanley Jordan, considerado um dos melhores guitarristas do século XX, o guitarrista Kenny Brown, o violonista Hélio Delmiro, o grupo instrumental Azymuth, Derico e Chiquinho Trio Jazz, e Peter “Madcat” Ruth, um dos maiores gaitistas do cenário blues mundial. Além dos shows, exposição de fotos e a História do Jazz e do Blues.

 A programação do festival inclui ainda workshop sobre Musicoterapia com o guitarrista Stanley Jordan que se dedica ao tema desde o ano de 2001. O workshop será aberto ao público e acontecerá na Escola de Música Contemporânea de Ipiabas.

O III Ipiabas Blues Jazz Festival é organizado pela Azul Produções, responsável também pelo festival de Jazz & Blues de Rio das Ostras, considerado um dos maiores festivais de jazz e blues gratuitos do mundo, e pelo Festival de Santa Teresa, no Espírito Santo.  A expectativa é inserir o III Ipiabas Blues Jazz Festival no circuito dos grandes festivais nacionais e internacionais do gênero.

 SOBRE BARRA DO PIRAÍ E IPIABAS:

Barra do Piraí, município também conhecido como “A pérola do Vale do Paraíba”, compõe a bucólica região turística conhecida como Vale do Café e está situada a120 quilômetrosdo Rio de Janeiro. A região, além de ser uma prazerosa aula de história a céu aberto, seduz os visitantes com as suas belezas naturais. Ipiabas é o quinto distrito de Barra do Piraí e é palco de importantes eventos musicais.


SOBRE AS ATRAÇÕES:

STANLEY JORDAN TRIO
Stanley Jordan é um músico de jazz aclamado como um dos guitarristas que fizeram grandes contribuições técnicas e musicais para o instrumento. Sua carreira tem fatos tão pitorescos quanto sua técnica. Mesmo formado em teoria musical e composição na Universidade de Princeton, ele escolheu viver a experiência de músico de rua, tocando em Nova York, Filadélfia e várias cidades no Meio Oeste e no Sul dos Estados Unidos. A opção, ao contrário de outros casos, deu-lhe notoriedade. Autodidata, Jordan se baseou no piano em seu estilo de tocar. E foi o pioneiro da técnica “2 hands”,que consiste em tocar as duas guitarras com linhas melódicas totalmente diferentes ao mesmo tempo. Depois de vê-lo tocando com seu Trio no Montreal Jazz Festival, o crítico de jazz do Los Angeles Times, Leornard Feather, escreveu: “Gênio é muito frequentemente uma palavra lançada ao redor em círculos musicais, mas foi aplicado legalmente a Stanley Jordan”. No festival de Ipiabas Stanley Jordan estará acompanhado por Dudu Lima, no baixo e Mamão, na bateria.

PETER MADCAT BLUES BAND
Depois de uma bem sucedida tournê pelos EUA em 2012, onde se apresentaram em Chicago e em várias cidades do Michigan, Peter “Madcat” Ruth volta a se encontrar com o guitarrista Big Joe Manfra para mais uma tour em solo brasileiro. Promovida pelo selo Blues Time Records, com apoio da Hering Harmônicas, o gaitista americano se apresentará ao lado de Big Joe Manfra e sua banda, tendo o gaitista Jefferson Gonçalves como convidado especial.
Madcat já tocou ao lado de lendas do jazz e do blues, como Gerry Mulligan, Paul Desmond e Dave Brubeck. Atualmente, além de seu trabalho solo, Madcat forma o duo Madcat & Kane com a guitarrista Shari Kane. E, com Chris Brubeck e o guitarrista Joel Brown, o trio Triple Play.
Com mais de 40 anos de “estrada”, recebeu no ano de 2006 um Grammy pela participação como solista no disco “Songs of Innocence and of Experience” de William Bolcom.

 “Madcat deve ser um dos maiores solistas de jazz em termos de segurar uma plateia. Madcat tem aquela qualidade mágica. Não importa se ele toca uma coisa maluca que se torna um blues e logo um jazz.”  Dave Brubeck
Madcat desfilará toda sua técnica e feeling em clássicos na gaita, acompanhado pela Big Joe Manfra Blues Band, composta de Big Joe Manfra (guitarra), Fábio Mesquita (baixo) e André Carvalho (bateria) e a participação especial de Jefferson Gonçalves na gaita.

AZYMUTH E HÉLIO DELMIRO
Com 30 anos de estrada, o Azymuth  é considerado um dos mais importantes grupos instrumentais do cenário nacional. Primeiro grupo brasileiro a tocar no Festival de Jazz de Montreux é também o único grupo de jazz do Brasil a figurar no Guiness Book of Record pelo álbum Jazz Carnival, que por mais de um ano figurou nas paradas de sucesso de Londres e Estados Unidos.  Ao longo destes anos, são mais de 20 turnês pela Europa, Escandinávia, Estados Unidos e Japão e participação em mais de 15 festivais pelo mundo.

HÉLIO DELMIRO - Exímio guitarrista/violonista e apaixonado por jazz, ritmo pelo qual Hélio é reconhecido mundialmente. Ainda na década de 60 participou de shows dos cantores Elza Soares, Elizete, Miltinho, entre outros. Gravou discos e participou da turnê norte-americana de Elis Regina e Tom Jobim.


DERICO E CHIQUINHO TRIO JAZZ
DERICO SCIOTTI , saxofonista e flautista e CHIQUINHO OLIVEIRA, trompetista,  integram o Sexteto Onze e Meia, grupo instrumental participante do programa Jô Soares Onze e Meia.  Derico desde 1990, quando o grupo ainda se chamava Quinteto Onze e Meia. Este trabalho possibilitou ao músico tocar com Chick Corea, George Benson, Billy Cobham, Stacey Kent, Ian Anderson, Ray Coniff, Randy Crawford, Cláudio Roditi, Roberto Carlos, Gilberto Gil, Raul de Souza, Pepeu Gomes, Ed Motta, Pedrinho Máttar, Paralamas do Sucesso, Kid Abelha e Lenine, entre outros. Chiquinho atua no Sexteto há 10 anos e, ao lado de seus companheiros, anima as madrugadas no Programa do Jô. O músico já tocou com diversos nomes da MPB entre eles, Elba Ramalho, Alcione e Leila Pinheiro.

KENNY BROWN BLUES BAND
Kenny Brown iniciou sua carreira aos oito anos de idade tocando baixo em igrejas. Guitarrista e cantor de New Orleans, o músico se define como exemplo da miscelânea de referências culturais da cidade. Kenny Brown é um incendiário do blues, e lança seu último CD, onde interpreta composições próprias e clássicos do funk, do blues e da black music.



SERVIÇO:

30/8  (SEXTA-FEIRA)
A partir das 21h
Azymuth e Hélio Delmiro
Derico e Chiquinho Trio Jazz

31/8 (SÁBADO)
A partir das 21h
Stanley Jordan Trio
Kenny Brown Blues Band

1/9 (DOMINGO)
A partir das 14h
Peter MadCat blues band

Local: Praça de Ipiabas, Centro – Ipiabas/Barra do Piraí
Censura: livre


WORKSHOP

Workshop com Stanley Jordan – Musicoterapia
Data:  sábado (31)
Horário:  15h
Local: Escola de Música Contemporânea de Ipiabas
Gratuito (vagas limitadas)

Informações imprensa:  Andréa Loureiro – Tempo3 Comunicação
andrea@ tempo3comunicacao.com.br
21 8622-6383

Jazz for Lovers
Read Post | comentários/comente ...

Jazz for Lovers: 130 jazz para ouvir na hora do amor

1 de maio de 2013

(130 songs of jazz music to listen in love hour)





>>Postar um comentário

Por Leonardo Alcântara (JazzMan!)
https://twitter.com/jazzmanbrasil
https://www.facebook.com/JazzManBrasil

Refinado, elegante e cheio de amor: o Jazz é a trilha perfeita para as melhores noites a dois. Mais do que um gênero musical, o jazz é um alimento para o coração, composto dos sentimentos mais sublimes da nossa alma. Com melodias e canções à flor da pele, o jazz está há mais de 100 anos acalentando os casais mais apaixonados. Seja o silêncio lírico de Miles Davis ou a potência rítmica de John Coltrane, o jazz é a música de quem ama.

Para os jazzístas mais apaixonados, separei '130 jazz para ouvir na hora do amor'. Ame na presença de Ella Fitzgerald, Herbie Hancock, Bill Evans, Diana Krall, Joe Henderson e muitos outros.

Basta apertar play e começar a amar. JM!



Jazz for Lovers
Read Post | comentários/comente ...
 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all