Pesquisar este blog

19 de fevereiro de 2008

Frases: Fidel Castro

"Condenem-me, não importa, a história me absolverá",
outubro de 1953, durante julgamento depois do frustrado ataque ao quartel de Moncada.

"As bombas podem matar os famintos, os doentes, os ignorantes, mas não podem matar a fome, as doenças, a ignorância",
12 outubro 1979 na ONU.

"Agora compreendo que meu destino não era vir ao mundo para descansar ao final da vida",
6 março 2003.



Blog Plutônio Blog Mate-Couro Blog Farofa Moderna Comunidade JazzMan! MySpace JazzMan! Blog Okazi
Share on :

6 comentários/comente ...:

Juli disse...

minha pequena "teoria da conspiração": fidel já partiu dessa para melhor. essa história de renúncia foi apenas o desligamento definitivo dos aparelhos. o fidel q vemos é um sósia e daqui a umas duas semanas receberemos a notícia "oficial" de seu falecimento. enfim: já vai tarde.

Bruno disse...

Já vai tarde mesmo.

Por mais que o ideal por trás da revolução fosse belo e humanista, quando chegou ao ponto de se proibir o cubano comum de viajar para fora para não abandonarem o país, era pra qualquer revolucionário sensato perceber que alguma coisa está errada.

Tenho pena e raiva ao pensar o quanto Cuba poderia estar produzindo cultura no mundo se não estivesse sob uma ditadura vergonhosa e estúpida como essa.

Anônimo disse...

não sabem o que falam os dois aí de cima.

Viajem à Cuba!

André Pereira.

Anônimo disse...

Se fosse bom viver em Cuba não haveria a necessidade de impedir a saída do País livremente.
Até a filha de Fidel se mandou...
O pior é que tem gente que ainda acredita na utopia comunista(alguns estão até no poder). Espero que tenham discernimento o mais breve possivel.Beto

Anônimo disse...

É cômico pensar que existem pessoas afogadas em seu pedantismo de não conhecer algo ou apenas opinar sobre sérios fenômenos pela simples observação empírica da realidade, e a partir daí fizer o que é utopia e o que é realidade. Para o nosso amigo logo acima, penso que deveria ler textos sobre o marxismo nas fontes para conhecer suas bases teórico-filosóficas para poder opinar sobre o que é utopia e o que é realidade, para não cair no mesmo erro passar como ridículo expondo opiniões sem bases materiais para explicá-las.

kratylos622 disse...

Com certeza a história absolverá ao homem que se confundi com o mito,que desafiou e não se curvou ao império romano dos tempos modernos(EUA).Viva Fidel,Che,Camilo Sin fuego...gracias

 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all