Pesquisar este blog

14 de fevereiro de 2008

História e Introdução ao Jazz (parte 4)

Influências - O Blues

Essa semana vou falar um pouco sobre um dos gêneros que influênciaram o Jazz durante sua origem e que o ajudou a tomar a forma na qual o conhecemos hoje, o Blues.



O blues foi parte integrante da música da maioria dos grandes jazzmans e vive até hoje não como um sub estilo, mais como uma parte integrante do Jazz e dos músicos que escreveram sua história.
Não se sabe quando ou como surgiu a palavra Blues designando uma forma de musica. Sabe se que antes disso, Blues definia um estado de espírito; Já no século 16, existia a expressão blue devils (algo como demônios de tristeza). Com o surgimento da música que leva esse nome, tocar o blues ou cantá-lo tornou-se a forma de expressar esse sentimento.O Blues é o estilo desenvolvido nos USA que menos sofreu influencia da musica Européia. Veio dos Spituals, canto dos escravos do Sul dos USA, na sua maioria com letras religiosas e das Work Songs canções que embalavam as jornadas de trabalho nos algodais. Os Spiriuals surgiram da adaptação, de hinos batistas e metodistas em cantos que misturavam as tradições dos brancos (que lhe eram empurradas goela a baixo) e suas tradições africanas. Muitas das melodias eram retiradas de canções folclóricas e tinha predominância o tom de lamento. Os Spituals muitas vezes também tinham letras em forma de códigos; "Cantávamos o céu que nos espera e os senhores de escravos na sua total ignorância, sequer imaginavam que nos referíamos ao além. A palavra céu significava o Canadá, e o negro do sul cantava a esperança de poder fugir pra chegar lá um dia". Enquanto trabalhavam nas plantações ou na construção dos estradas de ferro, os escravos criavam as suas canções e, mesmo sem os seus instrumentos musicais, libertavam os seus sentimentos através de ritmadas melodias cantadas: um deles puxava um canto, e os demais respondiam, repetiam, ou improvisavam. Esta prática evoluiu e difundiu-se, passando a fazer parte dos momentos de descanso e lazer, junto às sedes das fazendas.Os escravos americanos eram proibidos de tocar os seus tambores e outros instrumentos musicais de sua tradição africana, com receio de que os mesmos pudessem servir de estímulo a revoltas, etc. Proibiram-nos até de usar a sua linguagem e os dialetos nativos, procurando, quebrar a unidade de corporação do grupo. Talvez aí esteja explicação de por que o Samba não poderia ter nascido nos USA e o Jazz não poderia ter sido criado no Brasil.
As formas mais conhecidas do Blues são a de 12 compassos e a menos usada de 8 compassos. As letras (pelo menos dos Blues tradicionais) são simples, suas poesias basicamente tratavam de aspectos populares típicos como religião, trabalho, amor, sexo e traição. Dez do começo o Blues tem como características principais a improvisação tanto vocal quanto instrumental e a utilização da Bluenote.


O primeiro Bluesmam a ficar popular que podemos identificar (meados dos anos 20), é Charley Patton , vivia em Dockery uma enorme plantação de algodão no Mississippi, conhecida em todo o estado como o lugar certo pra aprender a tocar blues. Um grande Número dos primeiros Blueseiros que se tem testemunho viviam nesta plantação. Posteriormente, surgiram vários outros, que com muita criatividade, foram responsáveis pelo surgimento de várias técnicas a abordagens novas como o slide por exemplo.
Apesar de toda essa aparente concentração de potencial de criação (em uma só região), desde o começo do século o Blues também foi, através de alguns músicos, para outras regiões do Sul. Seu encontro com outras tradições musicais locais deram o nascimento a outras formas de blues, que se desenvolveram de forma autônoma dando um maior "colorido" e o tornando Blues ainda mais diversificado e complexo. Ele nunca foi um estilo de Jazz, mais sim uma parte, uma alma permanente em todos os estilos. Até mais do que isso; pode-se afirmar que o Blues forneceu a linguagem melódica básica para toda forma de musica americana que surgiu desde o inicio do século 20.
É um erro afirmar que todos os Jazzmam crescerão em contato com o Blues. Mais o fato é que muitos entre os maiores afiram: sua musica era baseada no Blues; O próprio Charlie Parker disse: ‘O Blues é a base do Jazz'.
Na prócima semana continuaremos a falar sobre os sons que influênciaram o Jazz.
Até lá!

tiagotoxa@ig.com.bt e Tiago Toxa também no Orkut!

Link QuebradoLink Quebrado? Link Sem FotoPost Sem Foto?

Share on :

3 comentários/comente ...:

JazzMan! disse...

Cara, ainda vamos tomar muita cachaça!!!

JazzMan! disse...

Eu sou uma negação em Blues, admito. Acho que eu deveria conhecer mais, pois o Blues é o começo de tudo. Blues é o princípio de toda música negra feita nos EUA, passando pelo Jazz, R&B e até Hip-Hop. A música feita pelos negros lavradores da Luisiana pode ser considerada uma das maiores criações do homem, pois revolucionou uma maneira de se fazer arte. Essa maneira improvisada de cantar se espalhou pelo sul e se instalando fortemente na cidade de Nova Orleans, no estado da Luisiana. O Blues se misturou com toda miscigenação da cidade, sofrendo um choque enorme de influências, principalmente dos franceses. Aí... Bem, aí vocês já sabem a história, rs! Todos os dias, nós devíamos levantar da nossa cama e agradecer a Louis e Jelly Roll Morton e muitos outros.

Po, até que eu não estou tão ruim no Blues, rs!

Tiago Toxa disse...

É issoa aí!
Modificando um pouco a frase do D2, SALVE OS VERDADEIROS ARQUITETOS DA MÚSICA AMERICANA!!!!!!
Ou por não mundial...

 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all