Pesquisar este blog

23 de fevereiro de 2009

Já não se fazem mais homens como...


Leotexto: Soraya Magalhães
Rio de Janeiro - Brasil


Foi lá nos primórdios dos anos 80 - aquela década meio imperdoável, onde só os melhores e sem ombreiras sobreviveram - que conheci a Cássia Eller.
Como eu era adolescente (= sem grana), via os shows dela através do toldo que cercava o restaurante natureba que ela cantava. Me deliciava ali mais que com qualquer berinjela ou abobrinha do cardápio que me eram proibidos.
Ela cantava com aquela voz rascante e rasgada e eu ía derretendo ali do lado de fora, ali contraventora e barrada. Mas ninguém segurava aquela voz. Nenhuma parede era capaz de reter o que ela soltava quando abria a boca. Como era possível alguém berrar com tanta melodia tudo aquilo que eu queria dizer?
Mudei de Brasília pro Rio e já tava aqui capengando de saudade quando finalmente ela fez sucesso. Fiquei tão feliz, mas tão feliz, mas ao mesmo tempo tão enciumada, pois aquela sensação que eu tinha não seria mais só minha.
Não que eu quisesse aquela voz só prá mim. Não era isso. Mas eu tinha um medo de vulgarizar e as pessoas não alcançarem a extensão de tudo aquilo, de toda aquela voracidade. Tudo pulsante, tudo muito forte, que saía da garganta da diva viva e ganhava o mundo sem portões ou paredes ou toldos.
Foi tudo tão rápido e intenso que até hoje brinco com os amigos dizendo que devo minha heterossexualidade à Ela, que nunca me deu bola.
E num suspiro desolado e desiludido fico aqui pensando e exclamando em alto e bom som com uma certa nostalgia:
_"Já não se fazem mais homens como a Cássia Eller!"



http://pravariar2.blogspot.com/


Link QuebradoLink Quebrado? Link Sem FotoPost Sem Foto?

Share on :

17 comentários/comente ...:

Anônimo disse...

Nessa frase: "Já não se fazem mais homens como a Cássia Eller!"
". Em que contexto vc. coloca a palavra "homens" - tanto no aspecto fisiológico como psicológico - e o quê a Cassia Eller tem de "homens" para servir de referência, acho que há uma colocação pessoal sua que precisa ficar clara para os leitores do Blog.
Ps.Sò para constar deixo claro quê vivo, convivo e sei viver com os diferentes.
William Silva.

Soraya Magalhães disse...

Olá william,
vou me explicar prá evitar qualquer mal entendido.
A Cássia Eller, prá mim, consegue expressar uma virilidade tamanha, e ainda assim ser dócil. Acho que hoje, a imagem masculina está meio em crise, pois me deparo com homens ou 'sensíveis demais', ou seja, sem pulso, ou broncos, troglos, que teimam em bater em qualquer coisa que se mova prá provar alguma coisa prá alguém que não sei exatamente o que é.
Claro que nem todos os homens estão assim, mas que a imagem está em crise, ah, isso está.
Disse que não se fazem homens como a Cássia Eller numa brincadeira. Eu poderia dizer Denzel Washington também, mas acho que ele não canta, e isso é um blog de música.
quanto ao meu texto ser a minha opinião, isso é óbvio. eu expresso a minha, vc expressou a sua... a gente sempre põe a nossa opinião no que escreve com vontade. E como o compromisso desse blog é só falar do gosto das pessoas, não vejo mal nenhum nisso.
É isso a aceitação da diferença.
Aceitar uma opinião que pode nem bater com a nossa, mas é um direito de cada um pensar. se não for imposta - como em ditadura ou estupro - não vejo porque não existir. seria eliminar a diferença querer que fôssemos do mesmo time, sempre. E esse não é de longe o meu lema. Aliás, eu mesma tenho vários lemas, como poderia exigir uma unidade dos outros se nem ao menos eu sou una?
Viva a multiplicidade! Viva eu poder dizer que devo a minha heterossexualidade à cássia eller pois essa era a única mulher que me interessou - além do tom jocoso que usei. como devo o gostar de jiló à minha cunhada que comeu aquilo na minha frente coma boca tão boa que me fez querer experimentar. Como devo a um ex namorado ter me mostrado o que era jazz. enfim, ainda bem que a diferença existe, assim a gente pode ousar e experimentar tudo. e pode até brincar e declarar o amor a uma cantora sem necessariamente casar com ela.
abraço, Willian,
e que bom que vc participou e me deu até a chance de esclarecer qualquer confusão.

Anônimo disse...

Particularmente acho estranho quê esse tipo de virilidade e masculinidade que vc. buscou e encontrou na Cassia Eller (??) tenha despertado a sua "Heterossexualidade". Eu, particularmente sou "feminista" assumido e não admito qualquer tipo de desrespeito ou algo parecido com o sexo oposto com isso deixo claro meu carinho e afeto por todas mulheres pois, as adoro assim como Tom Jobim e Vinicus as cantaram em verso e prosa ou seja não tenho a síndrome do super-macho.
Bem onde quero chegar com isso: porquê abominar e excluir/apagar o sexo masculino abandonando a paixão e a natureza falocêntrica (= Pierre Weill - Mística do Sexo ), procurarando na imagem feminina uma virilidade e masculinidade que não existe e, se existe me mostre pois eu quero ver. Em seu texto vc. não expressou a sua preferência sexual/amorosa/ etc.. quando vc. escreveu o texto sobre "já não se fazem mais homens como...." e como leitor deste Blog pergunto de novo ""Em que contexto vc. coloca a palavra "homens" - tanto no aspecto fisiológico como psicológico - e o quê a Cassia Eller tem de "homens" para servir de referência"". Estou contestando vc. para provocar mesmo,para saber aonde estão os fantasmas que a sociedade (= com certa razão) ainda teima em olhar como doença, onde os pais e mães se perguntam onde errei e etc. No final do texto vc. colocou um link para o seu blog mais esse texto não está lá porquê ??, alias não vi nada relacionado a esse tipo de assunto em seu blog.
Dê certa forma fiquei incomodado com o texto, pois como disse acima adoro "mulher" e as respeito, gostaria que lesse o poema abaixo e refletisse.:
"Eu queria que os outros dissessem de mim: Olha um homem! Como se diz: Olha um cão! quando passa um cão; como se diz: Olha uma árvore! quando há uma árvore. Assim, inteiro, sem adjectivos, só de uma peça: Um homem!" Almada Negreiros.
Att.
William Silva.

Soraya Magalhães disse...

pôxa William,
vc gosta de provocar mas implicou com minha provocação.
por que?
vc me manda um poema lindo e uma indicação de autor falando sobre o tema. mas eu mesma afirmo que a identidade masculina anda abalada. pergunte ao seu avôzinho se na época dele essa identidade era dada, pré-fabricada. Hoje todo mundo pode tentar outras coisas.
eu falei sim das minhas preferências. numa brincadeira, mas falei. Eu gosto de homem como vc gosta de mulher. mas olha a gente aqui brigando. por que?
um encaixe bom dessese e vc aí querendo explicações, querendo discutir relação. prá que isso?
tem tanta gente que leu e entendeu minha brincadeira. vc não?
Bjos prá vc.
e venho em missão de paz, estranho.

Rodrigo disse...

Justamente mestra,a virilidade não é uma qualidade estritamente masculina, óbvio, e achei legal vc pegar como exemplo a Cássia. E qto ao título , observei sua coerencia nesse carnaval com o fenômeno um tanto estranho da homofobia, já que moro perto de uma das maiores concentrações GLS do RJ, com tantas gatas espetaculares nas ruas e blocos, porque se preocupar com a direção sexual dos outros. Minha gente a ordem é BEIJAR NA BOCA.rsrsrs

Ronaldo de Jesus, bassman

Anônimo disse...

Soraya Magalhães,
Apesar do meu " eu" te provocar vc. me dá flores e me cativa, apesar de sermos opostos e justapostos a tua leveza e sutileza me mostrou algo que não tem tamanho....
Se permitir vou estar visitando teu blog para aprender mais ok..
Bjs.
William Silva

Anônimo disse...

Ótimo!!! Adorei!!! Bjussss

Soraya Magalhães disse...

Oi William,
fique à vontade.
que bom que gostou. escreverei mais então.
e continue comentando. assim, provocada, produzo mais ;)
abraço

DrummerChick disse...

Ei, o que passa com o link do Wordpress?

Gustavo disse...

O restaurante natureba chamava-se "Bom Demais", e foi uma das melhores coisas que já aconteceu em Brasília. Lá podíamos ver não só a Cássia Eller, mas também outros artistas, uns começando a carreira, outros já famosos. Foi um tempo muito bom em Brasília. Eu ia sempre ao Bom Demais, da Criatina Roberto. Pena que acabou... Mas foi muito bom enquanto durou ? Parabéns pelo blog, ouço mais música clássica, mas também Bill Evans, por exemplo, de quem tenho mais de 80 CDs, e também DVDs... Abraço, Gustavo

Soraya Magalhães disse...

Oi Gustavo,
Então vc também estava lá e viu a verdadeira história do rock de brasília?(rs)
Hoje eu tb escuto Bill Evans e muitas outras coisas.
Cadê sua cara?
fiquei curiosa agora.
Abraço

Anônimo disse...

Olá Brasil, daqui fala Portugal.

Tive imensa pena da Cássia Eller não ter vivido o suficiente para vir cantar em Portugal.
Eu estaria lá para ver e aplaudir, não me importa se homem ou mulher, era sim uma força da natureza á solta. Um pouco de tudo, de homem, mulher e criança.

Tenho toda a discografia da Cássia e compreeendo bem a "paixão" da Soraya...

Um beijo daqui, para vocês aí!

Carlos Pinto

Edi Cavalcante disse...

oi,
indiquei o blog para o Prêmio Selo Dardos de Reconhecimento.
+ info: www.anos60.wordpress.com
um abraço,
edi cavalcante

Anônimo disse...

仓储货架|仓库货架|托盘|仓储笼 仓储货架|仓库货架|托盘|仓储笼 仓储货架|仓库货架|托盘|仓储笼 仓储货架|仓库货架|托盘|仓储笼 轻型仓储货架|轻量型仓库货架|库房货架 货架厂|货架公司|南京货架 中量型仓储货架|中量A型仓库货架|库房货架 货架厂|货架公司|南京货架 中量型仓储货架|中量B型仓库货架|库房货架 货架厂|货架公司|南京货架 横梁式仓库货架|重型仓储货架|货位式库房货架 货架厂|货架公司|南京货架 模具货架|抽屉式仓库货架|仓储货架|库房货架 货架厂|货架公司|南京货架 贯通式仓储货架|通廊式仓库货架|驶入式库房货架 货架厂|货架公司|南京货架 悬臂式仓储货架|仓库货架|库房货架 货架厂|货架公司|南京货架 阁楼式仓储货架|仓库货架|库房货架|钢平台 货架厂|货架公司|南京货架 流利式仓储货架|仓库货架|库房货架|辊轮式货架|自滑式货架 货架厂|货架公司|南京货架 工作台|工作桌 工具柜|工具车 托盘|塑料托盘|钢托盘|铁托盘|钢制托盘 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼|蝴蝶笼 周转箱|塑料周转箱 静音手推车|铁板手推车|购物手推车|登高车 手动液压托盘搬运车|不锈钢搬运车|电子秤搬运车 高起升搬运车|电动搬运车|平台车 手动液压堆高车|手动液压堆垛车|半电动堆垛车 全电动堆垛车|油桶搬运车|圆桶搬运车|油桶装卸车| 柴油内燃平衡重式叉车|电动平衡重式叉车 液压升降机|剪叉式高空作业平台|固定式蹬车桥 文件柜 不锈钢制品 零件盒|零件柜 折叠式仓储笼|仓库笼 钢托盘 钢制料箱 堆垛架 物流台车 手推车 钢托盘 折叠式仓储笼|仓库笼 折叠式仓储笼|仓库笼 钢托盘|钢制托盘|铁托盘|金属托盘|镀锌托盘 堆垛架|巧固架 钢制料箱 物流台车|载物台车 手推车|静音手推车 手推车|静音手推车 仓储笼|钢托盘|钢制料箱|堆垛架|物流台车|手推车 仓储笼|钢托盘 仓储笼 仓库货架|中量A型货架 仓储货架|中量B型货架 库房货架|横梁式货架 塑料托盘|栈板 钢托盘|钢制托盘 折叠式仓储笼|仓库笼 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼 托盘|钢托盘 托盘|塑料托盘 周转箱|塑料周转箱 托盘|纸托盘 料箱|钢制料箱 工具柜|工具车|抽屉柜 工作台|工作桌 刀具柜|刀具车|刀具架 手动液压托盘搬运车|电动托盘搬运车 手动液压堆高车|手动叉车 仓储笼 仓库笼 南京仓储笼 常州仓储笼 无锡仓储笼 苏州仓储笼 徐州仓储笼 南通仓储笼 镇江仓储笼 连云港仓储笼 泰州仓储笼 扬州仓储笼 盐城仓储笼 淮安仓储笼 宿迁仓储笼 轻量型货架|角钢货架 中量A型货架 中量B型货架 货位式货架 横梁式货架 阁楼式货架|钢平台 悬臂式货架 贯通式货架|通廊式货架|驶入式货架 辊轮式货架|流利条货架 压入式货架 移动式货架|密集架 模具货架 抽屉式货架 汽车4S店货架 汽配库货架 自动化立体仓库货架 托盘|钢托盘|钢制托盘 托盘|塑料托盘 托盘|塑料托盘 托盘|塑料托盘 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼 手推车|铁板手推车 手推车|静音手推车 置物架|工业置物架|家用置物架 堆垛架|巧固架 挂板架|物料整理架 登高车 物流台车|载物台车 料箱|钢制料箱 搬运车|手动液压托盘搬运车|电动托盘搬运车 堆高机|堆垛机|手动堆高机|电动堆高机 叉车|电动叉车|内燃叉车|叉车厂 货架 货架 仓储货架 仓储货架 仓库货架 仓库货架 货架厂 货架厂 货架公司 货架公司 托盘 钢托盘 铁托盘 钢制托盘 塑料托盘 仓储笼 仓库笼 折叠式仓储笼 折叠仓储笼 仓储货架|仓库货架|库房货架 南京货架|横梁式货架|中型货架 钢托盘|塑料托盘|纸托盘 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼 钢制料箱|工具柜|工作台 手动液压托盘搬运车|手动液压堆高车 仓库货架|中量A型货架> 仓储货架|横梁式货架|货位式货架 托盘|塑料托盘|钢制托盘|纸托盘 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼|蝴蝶笼|储物笼 手动液压托盘搬运车|手动液压堆高车 仓库货架|中量A型货架 仓储货架|横梁式货架|货位式货架 托盘|塑料托盘|钢制托盘|纸托盘 仓储笼|折叠式仓储笼|仓库笼|蝴蝶笼|储物笼 手动液压托盘搬运车|手动液压堆高车 仓储货架|仓库货架|库房货架 南京货架|中型货架|横梁式货架 钢托盘|钢制托盘|塑料托盘|纸托盘 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼 钢制料箱|工具柜|工作台 手动液压托盘搬运车|手动液压堆高车 仓库货架|中量A型货架 仓储货架|中量B型货架 库房货架|横梁式货架|货位式货架 钢托盘|钢制托盘|铁托盘|栈板 托盘|塑料托盘|栈板 纸托盘|栈板 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼|蝴蝶笼|储物笼 钢制料箱|钢制周转箱|网格式料箱 搬运车|手动液压托盘搬运车|电动托盘搬运车 仓库货架|中量A型货架 仓储货架|中量B型货架 库房货架|横梁式货架|货位式货架 钢托盘|钢制托盘|铁托盘|栈板 塑料托盘|塑料栈板 纸托盘|栈板 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼|蝴蝶笼|储物笼 钢制料箱|钢质周转箱|网格式料箱 手动液压托盘搬运车|液压搬运车 仓储货架|>仓库货架|库房货架 南京货架|中型货架|横梁式货架 钢托盘|钢制托盘|塑料托盘|纸托盘 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼 钢制料箱|工具柜|工作台 手动液压托盘搬运车|手动液压堆高车 仓库货架|中量A型货架 仓储货架|中量B型货架 库房货架|横梁式货架|货位式货架 钢托盘|钢制托盘|铁托盘|栈板 塑料托盘|塑料栈板 纸托盘|栈板 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼|蝴蝶笼|储物笼 钢制料箱|钢质周转箱|网格式料箱 手动液压托盘搬运车|托盘搬运车 货架|仓储货架|仓库货架|库房货架 南京货架|上海货架|北京货架 轻型货架|中型货架|搁板式货架 重型货架|横梁式货架|托盘式货架 托盘|木托盘|纸托盘|木塑托盘 托盘|钢托盘|塑料托盘|钢制托盘 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼 手推车|静音手推车|铁板手推车 物料架|整理架|挂板架 料箱|钢制料箱|钢制周转箱|网格式料箱 手动液压托盘搬运车|电动托盘搬运车 手动液压堆高车|半电动堆高车|手动叉车 塑料周转箱|物流箱|塑料化工桶|塑料卡板箱 工具柜|上海工具柜|南京工具柜|抽屉柜 工作台|工作桌|南京工作台|上海工作台 刀具车|刀具柜|刀具架|刀具座 货架 货架厂 货架公司 仓储货架 仓库货架 库房货架 南京货架 上海货架 托盘 钢托盘 钢制托盘 货架|轻量型货架|角钢货架 货架|中量型货架|次重型货架 货位式货架|横梁式货架|重量型货架 仓储货架|阁楼式货架|钢平台 仓储货架|悬臂式货架 仓储货架|贯通式货架|通廊式货架|驶入式货架 仓库货架|库房货架|抽屉式货架|模具货架 仓库货架|库房货架|汽车4S店货架|汽配库货架 货架厂|货架公司|南京货架|上海货架|无锡货架|苏州货架 货架厂|货架公司|北京货架|天津货架|沈阳货架|大连货架 货架厂|货架公司|广州货架|深圳货架|杭州货架 托盘|钢托盘|钢制托盘 托盘|塑料托盘 仓储笼|仓库笼|折叠式仓储笼 置物架|多功能置物架|卫浴置物架 料箱|钢制料箱|钢制周转箱 手动液压托盘搬运车|不锈钢托盘搬运车|电动托盘搬运车 手动液压堆高车|半电动堆高车|电动堆高车|堆垛车 货架 仓储货架 仓库货架 货架厂 货架公司 托盘 钢托盘 铁托盘 钢制托盘 塑料托盘 仓储笼 仓库笼 折叠式仓储笼 折叠仓储笼 货架 货架 货架 仓储货架 仓储货架 仓储货架 仓库货架 仓库货架 货架厂 货架厂 货架公司 货架公司 托盘 钢托盘 铁托盘 钢制托盘 塑料托盘 仓储笼 仓库笼 折叠式仓储笼 货架 货架 货架 仓储货架 仓储货架 仓储货架 仓库货架 仓库货架 仓库货架 货架厂 货架厂 货架厂 货架公司 货架公司 货架公司 托盘 钢托盘 铁托盘 钢制托盘 塑料托盘 仓储笼 仓库笼 折叠式仓储笼 折叠仓储笼 托盘 塑料托盘 钢托盘 钢制托盘 铁托盘 货架厂 仓储笼 仓库笼 折叠式仓储笼 折叠仓储笼 南京货架 货架公司 货架厂 仓库货架 仓储货架 货架 货架

Luma Pinto disse...

Adorei a maneira de escrever da autora da postagem.

Anônimo disse...

Nessa mesma década, quase no final, escuto Música Urbana. E penso, tem um Renato e uma Cássia brutalmente imperdíveis nesse som.
Amei os dois.

mbrito37@gmail.com

Anônimo disse...

Nessa mesma década, quase no final, escuto Música Urbana. E penso, tem um Renato e uma Cássia brutalmente imperdíveis nesse som.
Amei os dois.

 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all