Pesquisar este blog

22 de abril de 2009

Bridgestone Music Festival fazendo a alegria dos jazzistas paulistanos

Jimmy Cobb. Foto: Divulgação

Por Leonardo Alcântara (JazzMan!)

Definitivamente, o Brasil está na rota dos grandes festivais de música no mundo. Além dos já conhecidos Tudo é Jazz (Ouro Preto) e Rio das Ostras Jazz & Blues Festival, que são referências mundiais, em maio o público paulistano terá a oportunidade de prestigiar o 2º Bridgestone Music Festival, em São Paulo. Sucesso em sua primeira edição, em 2008, o festival retorna ao Citibank Hall, de 14 a 16 de maio e contará com atrações do jazz e da soul music ainda inéditas no país. Quem comparecer, terá a oportunidade de ver o lendário baterista Jimmy Cobb e sua So What Band comemorando os 50 anos do álbum Kind of Blue, de Miles Davis – gravação de onde Cobb é o único músico ainda vivo –, além da revelação do piano Robert Glasper, as cantoras Bettye LaVette e René Marie, o trompetista Jeremy Pelt e a dupla Tokunbo Akinro & Morten Klein.

A direção artística do festival fica por conta de Toy Lima, que já dirigiu outros festivais como o Chivas Jazz e o Heineken Concerts. Avaliando o festival, Lima diz que o evento “foi muito bem recebido. Notamos que São Paulo estava um tanto carente de shows com um perfil voltado para a faixa mais adulta do público. Essas pessoas conheceram festivais similares na Europa, por exemplo, mas não encontravam um correspondente no Brasil. A maior surpresa foi ver em nossa platéia um grande número de jovens interessados em música de alta qualidade”.

A proposta do festival no ano passado foi trazer os grandes nomes da world music, como a violonista argelina Souad Massi e o cantor mauritano Daby Touré, mas neste ano a programação vai se concentrar em atrações de jazz e soul. “A world music continuará na pauta das próximas edições. Optamos por um ambiente sonoro mais jazzístico nesta edição para atender a demanda do público interessado na comemoração dos 50 anos da gravação do álbum Kind of Blue, de Miles Davis, um marco na história do jazz e da música popular universal, que será apresentada nas noites de 14 e 15 de maio por Jimmy Cobb e a So What Band”, explica Lima.

O Bridgestone Music oferece duas atrações musicais por noite, no formato double bill (programa duplo), semelhante ao de alguns dos mais charmosos festivais europeus, como os de Marciac e Vienne, na França. Certamente, um evento imperdível para os amantes da boa música.

A partir de hoje e até a semana que inicia o festival, vocês ficarão por dentro das atrações do 2º Bridgestone Music Festival aqui no Blog JazzMan!.

2º Bridgestone Music Festival

Serviço:

Citibank Hall
Av. Jamaris, 213 - Moema

Bilhereria: 2ª a Domingo das 12h às 20h
Compras on-line: http://www.ticketmaster.com.br/

Pelo Telefone: 11 2846 6000 em São Paulo
0300 789 6846* em outros estados
*custo de ligação local

Preços:
Camarote R$ 100,00
Setor Vip R$ 80,00
Setor 1 R$ 60,00
Setor 2 R$ 50,00
Setor 3 R$ 40,00

Mais informações no site: http://www.bridgestonemusic.com.br/

Link QuebradoLink Quebrado? Link Sem FotoPost Sem Foto?

Share on :

4 comentários/comente ...:

Daniel Argentino disse...

Muito bom. E o interessante é que o valor do ingresso também não está caro. Acho que isso ajuda ainda mais a aproximar o publico do jazz.

Dr. Fusion disse...

New URL Dr. Fusion

http://drfusion.blogspot.com/

Thanks for everything!!!

Cheers

kryz! disse...

adivinha quem voltou?
www.trabalhomental.blogspot.com

Hapi disse...

hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....

 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all