Pesquisar este blog

20 de julho de 2009

MG: Ibitipoca Jazz Festival 2009

Comemorando os 10 anos de "vida", nos próximos dias 24 e 25 de Julho o Ibitipoca Jazz Festival receberá a cantora francesa Manu Le Prince, o pianista Marvio Ciribelli, o violonista Mauro Costa Jr e o percussionista Jakaré, a cantora americana Greta Bro, o trio Azymuth, o percussionista gaúcho radicado nos EUA Ricardo Frota e o percussionista francês Cyril Hernandes.

Conhecida nacionalmente pelo seu Parque Estadual com penhascos, cachoeiras, grutas e imensas trilhas, há 10 anos, sempre no último final de semana de julho, o distrito da cidade mineira Lima Duarte se transforma em "capital nacional do Jazz". O evento, idealizado pelo compositor e violonista de Juiz de Fora (MG) Hérmanes Abreu, sempre acontece no "Serra de Ibitipoca Hotel e Lazer", situado entre a vila de Conceição de Ibitipoca e o Parque Estadual.

"Temos a preocupação de unir o turismo ecológico à cultura, através da música, por isso escolhemos Ibitipoca", diz Hérmanes. "Aqui reunimos grandes nomes da música nacional e internacional, em dias de música de alta qualidade".

Programação

Na sexta (24), o próprio Hérmanes Abreu abre o festival, ao lado dos percussionistas Ricardo Frota e Cyril Hernandes. O show contará com a participação das crianças do projeto "Ecologia do som".

Em seguida subirá ao palco, o pianista Marvio Ciribelli, que tem marcado presença em todas as edições do festival tanto apresentando seu próprio trabalho quanto recebendo convidados especiais. Nesta primeira noite do evento, Marvio receberá a cantora francesa Manu Le Prince, que vai prestar uma homenagem a Cole Porter. Com eles estarão o baterista Paulo Diniz e o contrabaixista André Rodrigues.

Fechando a primeira noite do evento, o percussionista Jakaré apresenta seu trabalho baseado em ritmos brasileiros como xote, coco, calango e mineiro-pau. Com Jakaré, estarão o sanfoneiro Tadeu, o baixista Hugo e o baterista Waltenir Estevão.

No sábado (25), o festival começa com a apresentação da cantora americana Greta Bro, que será acompanhada pelo grupo de Hérmanes Abreu.

Em seguida, será a vez do grupo brasileiro Azymuth, formado por Alex Malheiros (baixo), Mamão (bateria) e José Roberto Bertrami (teclados). O Azymuth tem mais de 30 discos gravados no exterior e é um dos grupos brasileiros mais respeitados nos Estados Unidos, Europa e Japão.

O festival se encerrará novamente com Marvio Ciribelli em parceria com o violonista Mauro Costa Jr. O show terá ainda a participação do baixista Juliano Cândido e do baterista Flavinho Santos.

Serviço
Ibitipoca Jazz Festival - Edição 2009
Data: 24 e 25 de julho (sexta e sábado)
Horário: 21h30min
Local: Serra do Ibitipoca Hotel & Lazer
Endereço: Fazenda Tanque - Conceição de Ibitipoca Lima Duarte. MG
Informações: (32) 3214-7389 - Site: www.ibitipocajazzfest.com.br
Ingressos: De R$ 30,00 a R$ 50,00


Link QuebradoLink Quebrado? Link Sem FotoPost Sem Foto?

Share on :

1 comentários/comente ...:

Marvio disse...

Amigos, vamos ter um show extra do festival neste sábado, dia 1º/AGO.

Vejam a seguir:

*************
Marvio Ciribelli recebe Thaís Motta na Edição Extra do Ibitipoca Jazz Festival - Show: "Influência da Bossa"

O show terá entrada franca e acontecerá no próximo Sábado, às 21h30min numa programação que contará também com o trio do contrabaixista Dudu Lima Trio, além do violonista Hérmanes Abreu e dos percussionistas Cyril Hernandes e Ricardo Frota.


Thaís Motta, a "Miss Ritmo"

Em 2008, Thaís Motta lançou seu primeiro CD "Minha Estação", que teve produção e arranjos do próprio Marvio Ciribelli. "Minha Estação" tem composições de gente de talento como Fred Martins, Altay Velloso, Arthur Maia, Mario Séve, Geraldinho Carneiro e vários outros grandes artistas. Com Ciribelli, também no ano passado, Thaís viajou para a França (Lyon), para se apresentar num grande show em homenagem aos 50 anos da Bossa Nova (25 mil pessoas assistindo) no "Terreaux République Bellecour".

Thaís Motta tem 29 anos e é uma cantora cheia de ginga. Por isso, foi apelidada de “Miss Ritmo” por um dos maiores músicos brasileiros, o baterista Marcio Bahia. Suas referências musicais são cantores como Tânia Maria, Leny Andrade, Elis Regina, Rosa Passos, Filó Machado e Bobby Mc Ferrin, o que já a diferencia da maioria das cantoras de sua geração.

Thaís Motta já foi acompanhada por grandes músicos brasileiros como João Carlos Coutinho, Nelson Faria, Marcel Powell, Philippe Baden, Arthur Maia, Dudu Lima, Marcio Bahia, Mamão e Alex Malheiros (do Azymuth). A carreira de Thaís começou cedo, pois aos 7 anos, já cantava em restaurantes do Rio de Janeiro. Foi apresentadora e cantora do show infantil Roda do Tempo (dois anos em cartaz pela cidade) e foi considerada a mais nova escritora do Rio (1989), com seu livro de poesias infantis Criança Criando, lançado na IV Bienal Internacional do Livro. Além de cantar, Thaís é também é atriz e dançarina.


Repertório da show:

No repertório do show, Canção para Inglês Ver (Lamartine Babo); Mió di Bão (Marvio Ciribelli e Marcelo Martins); Ai de Mim (Marco Pinheiro, Chico Alves); Samba do Avião (Tom Jobim); Amazonas (João Donato e Lysias Ênio); Deixa (Baden Powell e Paulo Cesar Pinheiro); O Som do Samba (Marcelo Moutinho, Arthur Maia, Marvio Ciribelli e Thaís Motta); Noites Cariocas (Hermínio Bello de Carvalho e Jacob do Jandolim) e Brasileirinho (Waldir Azevedo)

Serviço:

Marvio Ciribelli recebe Thaís Motta na Edição Extra do Ibitipoca Jazz Festival
Show: "Influência da Bossa"
Data: 1º/Agosto, Sábado
Horário: 21h30min
Local: IbitiLua
Endereço: Centro de Conceição de Ibitipoca
Entrada Franca
Info: (32) 3214-7389

 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all