Pesquisar este blog

27 de abril de 2010

Zé Mucavele: a homenagem a um cantor que não cede a gostos duvidosos e ‘pimbistas’

O Zé Mucavele anda cá vai para sessenta anos, comemorou-os, quinta-feira, 22, em concerto inolvidável. Diz ele que a sua carreira musical começou há 41 anos, mas nós não acreditamos, porque a música nasceu-lhe no ventre materno que lhe estruturou o código genético em ‘cocktail’ forjado com raízes da moçambicanidade, sendo a liberdade de ser e estar marcas indeléveis do seu cantar.


Leia mais: Zé Mucavele: a homenagem a um cantor que não cede a gostos duvidosos e ‘pimbistas’

Zé Mucavele é um cantor universal. Um homem, por vezes, de trato difícil, sobretudo quando joga à defsa, intransigente na defesa dos seus projectos que mereciam ser acarinhados e, regra geral, não o são, porque Zé Mucavele não é um diplomata, é ele mesmo e a sua música, que não cede a gostos fáceis, duvidosos, corriqueiros, “pimbistas”, à procura de popularidade circunstancial, moeda de consumo corrente na arena de uma boa parte dos compositores e cantadores domésticos”.
Share on :

0 comentários/comente ...:

 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all