Pesquisar este blog

6 de junho de 2010

Rio das Ostras Jazz & Blues Festival: Michael Landau no Costa Azul


Ricardo Vital, para o JazzMan!

Quando a inclemente chuva, que durante todo o dia arrefecia e recrudecia, finalmente deu trégua, o palco principal da 8ª edição do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival teve uma das melhores apresentações de toda a história do festival. Isso, precocemente vaticinado, certamente se deve ao grau de empolgação e excitação sanguínea que me causou o show de Michael Landal.

No segundo dia da edição 2010, o melhor show foi de um dos melhores Power Trios a que já tive o prazer e a honra (o primeiro mais que a segunda, sempre) de presenciar, ao vivo e a cores. E que cores. Se as duas stratocasters utilizadas polarizavam o preto e o branco, a explosão de cores que emanava delas transportou os ouvintes para algum mundo mágico maravilhoso, que nem Lewis Caroll e Tim Burton juntos poderiam suspeitar existir.

A gama de timbres que este indivíduo consegue extrair de suas extratos (ok, esta foi horrível) beira o absurdo, indo de clássicos timbres distorcidos a aveludadas texturas em segundos, sempre com coerência e bom gosto indicustíveis.

Falar do entrosamento da cozinha, de como a bateria e o baixo costuravam diversos tipos de tecido sonoro, seria cair em clichês tentando escapar ao inefável (e ao inescapável). Difícil dizer qual dos três músicos domina melhor seu instrumento ou qual tem mais carisma de palco, posto que os experientes músicos ganham a vitalidade da juventude ao fazer o que fazem de melhor.

Link QuebradoLink Quebrado? Link Sem FotoPost Sem Foto?

Share on :

3 comentários/comente ...:

Na Estrada... disse...

Sr. Jazzman,

Parabéns pela coluna/blog e principalmente pelo bom gosto. Mas gostaria de sugerir que comente sobre o "nome" dos músicos da "cozinha" ou qualquer outro integrante da banda, pois são eles os responsáveis por toda atmosfera para que o artista principal possa expressar-se.

Bom blog, já sou seguidor.

abs

AV

Fabio disse...

No dia 6 tenho a garantia em dizer-lhes que fechou a oitava edição a perfomasse monstruosa no palco da praia da tartaruga o show de TM Stenvens! Claro que grandes feras passaram pelos dias de show que antecedem esta data, tive o prazer de assistir todos em todos os palcos. Mas venho tirar o chapel para TM Stenvens. Nas demais 7 edições que assisti só vi algo parecido com Stenvens foi o bass de Richard Bonna!

Fernando Santucci disse...

Master pieces from last album 2012 - Organic Instrumentals:

Big Sur Howl

Woolly Mammoth

Enjoy it !!!

 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all