Pesquisar este blog

21 de janeiro de 2012

Frank Herzberg Trio - 'Handmade'

Frank Herzberg Trio

- Comente aqui sobre o Frank Herzberg Trio -

Depois da sua graduação no renomado Berklee College of Music/Boston, baixista Frank Herzberg em vez de tentar de entrar na cena de jazz em Nova York, como a maioria dos seus colegas - Antonio Sanchez, Jaques Schwartzbart ou Steve Hass, decidiu seguir o seu amor – a pianista brasileira Marta Karassawa e mudou-se para São Paulo. Aqui, ele achou além de uma língua e vida bem diferentes, a riqueza da música brasileira e músicos extraordinários.

http://www.frankherzberg.com

Em 2004 ele chamou o baterista Zé Eduardo Nazário e o pianista Alexandre Zamith para formar seu trio. As composições próprias que misturam jazz contemporâneo com a energia da música brasileira, espelham a cultura diversificada dos três músicos. Frank Herzberg usa os ritmos brasileiros como inspiração para as suas composições, mas a música indiana, a europeia, o blues e o jazz tem o seu lugar no repertório do trio. A interação entre os músicos é um elemento importante, onde a improvisação soa como uma conversa entre amigos.

O Frank Herzberg Trio se apresentou em festivais internacionais, como Berlin Jazzfest 2004 e Brandenburger Musiksommer na Alemanha 2006 e em festivais, workshops e show no Brasil. Também gravaram vários Cds com outros artistas como em 2004 o disco “Canja” do vibraphonista Andre Juarez e em 2006 o “Concerto Internacional de Jazz” com o guitarrista americano John Stein, com a participação do saxofonista/flautista Teco Cardoso e do trombonista Bocato.

O disco mais novo do trio “Handmade” saiu em Novembro de 2011 nos EUA (cdbaby) e em Janeiro 2012 no Brasil (tratore). O disco chamou a atenção de varias revistas americanas de jazz e do pianista brasileiro Osmar Barutti, que falou seguinte sobre este disco:

Meu prezado Frank:

Foi com grande emoção e alegria que ouvi o seu novo e refinadíssimo CD Handmade. Gostei muito das composições: os temas super bem construídos, demonstrando sensibilidade e profunda compreensão rítmica, melódica e harmônica.

Congratulações a você e à sua turma: Alexandre Zamith no piano, Zé Eduardo Nazario na bateria, e você, Frank, magistralmente no contrabaixo. Parabéns pela execução de todos os temas, aqui apresentados com muita maturidade e muito talento.

Tenho certeza de que as pessoas que irão desfrutar da audição deste seu novo CD também vão "curtir" todo este "swing", todo esse "groove" nos concertos "live", que com certeza irão acontecer.
Quero estar presente para ouvi-los e, com sua licença, VOU continuar ouvindo um pouco mais deste seu LINDO SOM!

Osmar Barutti


O crítico de jazz Arnaldo Desouteiro, também escreveu sobre o cd “Handmade”:

Rio de Janeiro 12/11/11

Oi Frank,

Ja ouvi o CD duas vezes. Pretendo e quero ouvir dezenas de vezes mais. Discaço, congrats!

Vc retoma a linha evolutiva da música brasileira-universal que, nos anos 70, eu achei que poderia dominar o mundo via Hermeto, Egberto, Airto, Naná etc, mas foi ceifada nos anos 80 quando a mediocridade musical passou a reinar no Brasil e no exterior, inclusive no jazz quando começou a onda retrô ...

É um disco surpreendente, impactante, complexo mas sem ser hermético nem pretensioso e longe de ser chato/boring como 99% do chamado "jazz contemporâneo" que se faz hj nos EUA e na Europa. Tem molho, swing e essência brasileira, mas é universal na linguagem e na estética. Quando o Zamith ataca de piano elétrico , me lembra os melhores momentos do "Slaves Mass" do Hermeto - please take it as a compliment.

Nazário, na dele, está quebrando tudo, sem precisar fazer força para quebrar tudo, como fazem muitos bateristas. Ele está no terreno dele, tocando solto e imprevisto, no idioma livre que ele mais domina, no qual não tem igual.

Novamente, parabéns! E que este trabalho lhe abra muitas portas!

Abração, Arnaldo Desouteiro



Ouça 'Don't talk crazy', faixa do cd “Handmade”:






Link QuebradoLink Quebrado? Link Sem FotoPost Sem Foto?




Share on :

4 comentários/comente ...:

Frank Herzberg disse...

Oi JazzMan, obrigado. Fantastic work! Keep it up!

alle tebet disse...

parabens ao trio e a voce Frank pelo excelente trabalho ,cuja sonoridade e ao mesmo tempo sofisticaçao musical ,soa como uma caracteristica marcante no cenario do jazz.

Alekssandro rahal tebet

Frank Herzberg disse...

Obrigado Alekssandro! Falaremos em breve, abs Frank

Maurício Narutis disse...

Parabéns, Frank! Conseguir algo novo usando um material muito explorado é uma proeza!! Além de conhecimento e técnica, é necessário ouvir o que a alma diz! Acho que você conseguiu tudo isso!!

 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all