Pesquisar este blog

22 de junho de 2012

Álbum Completo: Sonny Rollins - Saxophone Colossus (1956)


Por Emerson Marques Lopes
Editor do seu Guia de Jazz na Internet

O sax tenor de Sonny Rollins faz história há mais de 40 anos. Este nova-iorquino completará 73 anos e continua na ativa. Mas, ainda hoje, o disco Saxophone Colossus, lançado em 56, é seu trabalho mais lembrado. Quando Rollins fez este disco, ele já tinha trabalhado com feras como Bud Powell, Miles Davis, Thelonious Monk e Clifford Brown. A gravadora BMG Brasil lançou o disco este ano no País.

O saxofonista recrutou um time de primeira para acompanha-lo. O pianista Tommy Flanagam, o baixista Doug Watkins e o baterista Max Roach, com quem Rollins trabalhou nos anos 60. O disco abre com ST. Thomas, onde o sax de Rollins preenche todos os espaços. Nas baladas You Don’t Know What Love Is e Moritat, mais conhecida como Mack The Knife, o piano de Flanagam e as notas de Rollins não poderiam estar em mais sintonia.

Mas são nas faixas “Blue 7” e “Strode Rode” que o veterano saxofonista mostra toda a sua técnica e criatividade. Rollins está livre e suingando um hard bop de primeira. Destaque para o ritmo e o talento de Roach, considerado até hoje um dos maiores bateristas de jazz. Em 1999, para comemorar 50 anos da gravadora Prestige, o disco foi relançado com a tecnologia 20-bit, que melhora, e muito, a qualidade do som, deixando assim toda a genialidade de Sonny Rollins ainda mais surpreendente.




Jazz for Lovers


Share on :

0 comentários/comente ...:

 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all