Pesquisar este blog

10 de junho de 2012

Vijay Iyer: O pianista que oxigena a atual cena jazzística americana

Vijay Iyer trio
Por Leonardo Alcântara (JazzMan!) - twitter: @jazzmanbrasil 

Na última semana, chegou a minhas mãos o cd ‘Accelerando’, o novo trabalho do pianista americano Vijay Iyer. Entre aqueles que conhecem o pianista, há um consenso de que Iyer é um dos melhores da atualidade, explorando como poucos todos os caminhos que o jazz e sua evolução permitem. Com seu senso criativo, aliado a um talento sempre em busca constante por novos desafios, Iyer é um pianista que oxigena a atual cena jazzística americana.

‘Accelerando’, o novo trabalho
do pianista
Eu sempre tive nele o músico que ‘vai além do que se vê’, que nos surpreende por um estilo livre de tocar, associado a composições complexas e bem elaboradas. Para ouvi-lo é preciso ser livre de alguns preconceitos. Seus trabalhos fogem à ideia do ‘jazz tradicional’, oferecendo uma estrutura moderna e surrealista em composições próprias ou em covers de grandes clássicos. Em ‘Accelerando’ não é diferente. Acompanhado de Stephan Crump no baixo e Marcus Gilmore na bateria, Iyer continua a sua saga sem limites para a inovação.

Iyer apresenta um cd que inclui várias composições originais, bem como covers de jazz, disco, R&B e música eletrônica. Entre as composições próprias, destaco a sombria ‘Bode’ e a progressiva ‘Optimism’, sendo a última a minha favorita do cd. Um dos momentos mais surpreendentes é quando o pianista ‘brinca’ com ‘Human Nature’, um dos mega sucessos de Michael Jackson. Iyer praticamente se ‘apoderou’ da famosa canção, dando a ela uma tonalidade que transita entre a leveza e a excentricidade. O trabalho também conta com clássicos ‘revisitados’ de Duke Ellington e Herbie Nichols e muitos outros.


Hoje, no mundo do jazz, o nome Vijay Iyer soa como revolucionário e inovador, mas acredito que ‘ambicioso’ é o adjetivo que melhor define esse genial pianista. Sua ambição constante por novos sons e texturas tem lhe credenciado a um lugar privilegiado nas críticas de público e mídia. E isso é só um começo. Não tenham dúvidas de que Iyer está no caminho certo para cravar o seu nome entre os grandes pianistas da história. Sua fonte de ‘gás’ parece ser ilimitada para oxigenar a sua revolução pessoal. E eu, sem dúvida nenhuma, estarei aqui para inalar tudo isso. JM

Link QuebradoLink Quebrado? Link Sem FotoPost Sem Foto?


Share on :

0 comentários/comente ...:

 
© Copyright JazzMan! 2011 - Some rights reserved | Powered by Blogger.com.
Template Design by Herdiansyah Hamzah | Published by Borneo Templates and Theme4all